Compulsão Alimentar - Dra. Jeanne Debortoli

Compulsão Alimentar

Vamos então dar umas “pinceladas” sobre esse transtorno psiquiátrico que infelizmente é muito banalizado e pode ser a causa da obesidade. É caracterizada por episódios em que a pessoa ingere grandes quantidades de comida mesmo sem fome, sem controle aparente, apresentando arrependimento em seguida por ter comido. São atitudes comuns nesses pacientes:

  • comer até sentir-se desconfortável
  • esconder embalagens vazias por vergonha ou medo de reprovação
  • esconder comida
  • comer constantemente enquanto tiver comida disponível
  • ausência do controle, de quando parar
  • sentir-se envergonhado e culpado após o episódio
  • repugnância da própria forma física
  • baixa auto estima

Este quadro de impulso é repetitivo e o paciente perde a seletividade e não come apenas o que é gostoso, inclusive nesses episódios não há tempo para apreciação do sabor. Situações isoladas e de ansiedade podem ser confundidas com a compulsão alimentar. Procure um profissional para auxiliá-lo, um bom endocrinologista vai ajuda-lo a passar e superar esse problema, garantindo saúde e qualidade de vida.

Compartilhe!

Quer receber dicas exclusivas? cadastre seu email